page contents

Entendendo a Comunidade Compartilhar, do Vale do Aço

0 6


Algumas pessoas têm nos perguntado sobre o que é a comunidade compartilhar, como ela funciona, de onde surgiu, qual seu objetivo e etc. São inúmeras dúvidas, e se por alguma razão você, também, não entendeu do que se trata, a gente te explica.

O Compartilhar nasceu a partir do desejo de alguns colegas de faculdade manterem contato frequente. Sabe aquela turma boa, amiga, solícita, com pessoas animadas de quem você quer ficar perto sempre? Foi mais ou menos assim que tudo começou.

Com o tempo, outras pessoas começaram a integrar os encontros e o grupo cresceu, naturalmente, e se transformou numa comunidade de networking. Esse crescimento aconteceu após o primeiro Startup Weekend na região, em 2015, quando outros empreendedores de startups locais começaram a participar conosco.

Com o apoio de algumas cervejas, refrigerantes, sucos e muita prosa, os membros perceberam que a comunidade deixou de ser apenas um grupo para networking e evoluiu para o embrião do Ecossistema de Inovação do Vale do Aço.

Ecossistema? O que isso quer dizer?

Em um cenário ideal, podemos entender ecossistema como uma comunidade com diversos atores em busca de um mesmo objetivo:

Essa lista de atores não se esgota, outros podem se envolver também

Consegue perceber que os Meetups (encontros) e eventos são apenas alguns pontos dentro da comunidade e que o empreendedor é o centro disso tudo?

Nosso objetivo é ajudar a criar um ambiente favorável para que as startups/negócios inovadores deem certo na região, favorecendo nossas cidades como um todo, gerando mais empregos, criando uma economia diversificada e, naturalmente, atraindo investimentos e demais agentes a longo prazo.

Muitas comunidades ao redor do mundo se espelham no Vale do Silício

Existem várias comunidades nesse molde espalhadas pelo Brasil. Só em Minas Gerais, temos muitas fazendo acontecer, como:

San Pedro Valley / BH
Diamond Valley / Diamantina / Vale do Jequitinhonha
Comunidade Colmeia / Uberlândia / Triângulo Norte
Zebu Valley / Uberaba / Triângulo Sul
Rio Doce Valley / Governador Valadares / Rio Doce
Viçosatec / Viçosa / Caparaó
Santa Helena Valley / Sete Lagoas / Metropolitana
Vale dos Ipês/ Lavras/ Sul
She’sTech / Belo Horizonte / Metropolitana
Startup Hub Vale da Eletrônica / Santa Rita do Sapucaí / Sul
Coffee Valley / Varginha / Sul
Empreende Alfenas / Alfenas / Sul
Ouro Preto Valley / Ouro Preto
Mucuri Valley / Teófilo Otoni
Sun Valley / Araxá
Comunidade Bus / Patos de Minas / Noroeste
Zero40 / Juiz de Fora

Encontro de comunidades mineiras , na sede do Sebrae BH — Ocupa Sebrae 2017

Algumas estão bem desenvolvidas, como San Pedro Valley, uma das mais fortes comunidades de startups do Brasil, com mais de 300 empresas inovadoras funcionando atualmente. Outras estão em estágio inicial, como é o caso do Compartilhar.

Para uma startup ou qualquer empreendimento envolvido nessas comunidades sobreviver é preciso um ambiente capaz de oferecer colaboração, mão de obra qualificada, capacitação e investimentos. E é por isso que batemos sempre nessa tecla da comunidade e da ajuda mútua.

Line Bus, aplicativo de mobilidade para os usuários de transporte público urbano de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo.

Vale do Aço

Nossa região é perfeita para um ecossistema prosperar. Nós temos excelentes faculdades/universidade, grandes indústrias, cidades com ótimas infraestruturas e mais de 400 mil habitantes só na Região Metropolitana do Vale do Aço. Será que não temos também espaço para novos negócios inovadores por aqui? Fica a reflexão.

Por que você deve participar?

Razões para participar da Comunidade Compartilhar não faltam. Vamos elencar algumas e esperamos que você abrace essa causa com a gente.

01 Compartilhar não é um grupo fechado e não tem um líder, os próprios empreendedores envolvidos são responsáveis pelo desenvolvimento da comunidade. Engajar na causa é fazer parte da mudança.

02 Encontre quem pensa como você e quem está disposto a te ajudar na caminhada. É muito comum ver empreendedores se ajudando por aqui. Você pode oferecer apoio ou recebê-lo.

03 Outros atores como Sebrae, Governo e Faculdades já estão atuando conosco e em constante contato com a comunidade. Várias oportunidades podem surgir a partir dessa interação.

04 Faça novas conexões e amplie a sua rede de contatos. Nem precisamos falar desse benefício, não é mesmo?

05 Encontre oportunidades de emprego. Sim, acreditamos que o empreendedor não é só aquele que cria CNPJ. Temos vários exemplos de colaboradores com mentalidade empreendedora, mas que trabalham formalmente numa empresa. E é por isso que universidades/faculdades fazem parte do ecossistema. É de lá que saem a maioria dos talentos da região.

E os encontros e eventos?

SW Youth 2016 — Falando de empreendedorismo para jovens do ensino médio de escolas públicas e privadas da região

Todo mês realizamos encontros e eventos porque acreditamos que essas são boas maneiras de trazer mais pessoas para dentro da comunidade. São vários os tipos:

  • Meetups: promoção do networking local
  • Startup Weekend: formação de mentalidade empreendedora nos participantes e incentivo para a criação de novas empresas de base tecnológica na região
  • Talks: formações em diversas áreas
  • Bootcamp: formações longa duração
  • Palestra: cases de sucesso, depoimentos e etc.
  • Festival: eventos com uma mescla de formatos.

E a lista acaba aqui? Não, sempre tem algo novo acontecendo e os organizadores disso tudo estão dentro da comunidade. Você mesmo pode se envolver e nos ajudar a organizar.

Compartilhar Talks 2017 — Com direito a chopp na palestra de abertura, inspirado no Pint Of science

Todos os eventos são sem fins lucrativos, então, se algum em específico houver cobrança de entrada, pode saber que essa grana vai voltar para a comunidade.

E esse blog, como vai funcionar?

Todos os membros da comunidade podem publicar artigos por aqui, por meio de um simples convite ou declaração de interesse. Quer ser o autor do próximo? Mande uma mensagem pelo Facebook ou deixe um recado aqui nos comentários.

Finalizando

Não existe ecossistema empreendedor sem empreendedores atuando em seus negócios e trabalhando muito. Precisamos sempre incentivar a criação de novas startups/empresas e ajudar no fortalecimento das que já existem. Isso é muito mais importante do que networking e eventos, e isso precisa ficar muito claro.

Como foi dito, a comunidade Compartilhar está em fase inicial. Ainda falta muito para ela crescer. E provavelmente, muita gente boa na região já está com pensamento similar a esse, mas atua de maneira isolada. Ou muita gente como você ainda não conhecia a comunidade e agora quer se envolver. Se por acaso você abraça a causa, que tal unirmos forças? Precisamos de você para transformar o Vale do Aço no Vale de muitas outras coisas também.

Vamos juntos porque assim geramos mais valor!

Mentores, organizadores e voluntários — Startup Weekend Youth Vale do Aço 2016

Acompanhe pelas redes sociais Facebook | Instagram

Quem escreve aqui hoje é:

Luciano Leão, empreendedor na área de economia criativa, um dos criadores da startup Aprendocast e atual agente de inovação na região do Vale do Aço pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado de Minas Gerais.



Source link

قالب وردپرس

You might also like

Leave A Reply

Your email address will not be published.